Fotografia de Domitila Azevedo
História de um jovem...
por Domitila Azevedo - Segunda, 23 Outubro 2006, 12:35
 

O Pedro tem 15 anos e é portador de HIV, vírus da SIDA. Não aparenta estar doente mas cansa-se facilmente. Quer continuar a ir à escola, mas não sabe se deve falar com alguém acerca da sua doença.

1) Pensas que ele deveria continuar a ir à escola?

2) Como reagirias se ele te contasse?

3)  Pensas que há o risco de contrair o VIH se o Pedro se sentar ao teu lado? 

Fotografia de Paulo Paulinho
Re: História de um jovem...
por Paulo Paulinho - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:24
 

eu deixava ele sentar-se pk a sida nao se paxa axim!!!

 

Fotografia de Carlos Alves
Re: História de um jovem...
por Carlos Alves - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:28
 
eu acho que ele devia continuar a ir á escola porque não é por causa do HIV que lhe vai deixar de ir á escola, porque o HIV só se transmite sexualmente ou oralmente!
Fotografia de Andreia Gon gon
Re: História de um jovem...
por Andreia Gon gon - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:37
 

É axim eu axo k ele devia ir a escola na msm pk kand 1a pexoa tem exe tipo d doença ñ deve d s fexar do mundo. S ele m conta s ñ sei cm  reagiria mas ajudava do k ele precisa s, eu sei o k é ter 1a pexoa axim na familia e eles ñ goxtam d s sentirem sos deixam s ir abaixo mt rapidamente... e ñ ha rixco d contrair VIH so por tar sentado ao lado dele, pk a doença ñ s transmite axim...

Fotografia de hugo huguinho
Re: História de um jovem...
por hugo huguinho - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:39
 

1ª e claro ke sim...

2º tentava ajudalo...

3ª e claro ke nao ...

 

Fotografia de Nisia Jesus
Re: História de um jovem...
por Nisia Jesus - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:41
 

1-Axo que sim, que o Pedro deveria continuar a ir á escola.

2-De princípio era capaz de me sentir um pouco mal com a situação, mas ao longo do tempo ia-me abituando e dava-lhe o apoio necessário.

3-Axo que não, o VHI não se transmite assim, só por se sentar ao lado de um colega, é diferente.

Fotografia de Daniel Peres
Re: História de um jovem...
por Daniel Peres - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:49
 

1 - ele deve continuar a ir a xcola!

2 - n sei!

3 - n sei!

Fotografia de Débora Fernandes
Re: História de um jovem...
por Débora Fernandes - Sexta, 3 Novembro 2006, 12:54
 

Sim, o Pedro deve ir á escola para se dar com mais pessoas porque só assim elas é que o podem ajudar.

Ficava com pena dele, mas tentava-o ajudar.

Se ele se sentar ao meu lado penso que n á risco de ele me contrair o VIH. 

Fotografia de Sandra Marques
Re: História de um jovem...
por Sandra Marques - Sexta, 3 Novembro 2006, 13:05
 

1) Claro que deve!!!  Porque ele tem o direito de ir á escola, mas se ele falasse com alguém do conselho pedagógico talvez seria mais facil para ele e tinha mas cuidados com a sua condição fisíca. Mas acima de tudo ele tinha que se sentir bem em expor esse problema e aceitar as consequências. Porque na nossa sociedade de hoje nem todas as pessoas aceitam estes tipos de casos...infelizmente.

2) Eu reagia bem e tipo ajudava-o em tudo o que ele precisa-se e não era por isso que ira deixar de ser amiga dele.

3) Claro que não!!! O HIV só se apanha se for sexualmente transmitido sem perservativo e se houver algum tipo de contacto de sague ex: trocas de agulhas, transfusões de sangue...etc

Fotografia de André Anjos
Re: História de um jovem...
por André Anjos - Sexta, 3 Novembro 2006, 13:13
 

1 - claro k sim!

2 - so vivendo essa situação!

3 - claro que n, eu sou uma pessoa culta!

Fotografia de Nadine Madeira
Re: História de um jovem...
por Nadine Madeira - Sábado, 4 Novembro 2006, 11:44
 

1- Claro que sim!!Independentemnte de ele ter HIV não o impossibilita de ir de irá xcola!!

2- Reagiria bem e ajudava o no k for preciso, poix conviver com a doença ñ dve ser facil aind mais kando não se tem apoio de alguém proximo (amigo, familia)

3- Claro k nao!! O Hiv não é transmitid axim..

Fotografia de marta miranda
Re: História de um jovem...
por marta miranda - Sábado, 25 Novembro 2006, 13:06
 

3 perguntas, 3 respostas.

Não. Apoiando-o. Não.

 

Obviamente que deveria continuar na escola.

Não o discriminava. Apoiava-o. Numa situação dessas o que menos se deve necessitar é discriminaçãao.

VIH? Sentado ao lado? Claro que não!

Fotografia de claudia denise fernandes
Re: História de um jovem...
por claudia denise fernandes - Terça, 28 Novembro 2006, 16:48
 

Na minha opinião, o aluno deveria continuar a ir á escola.
Quando ele me contasse o seu caso eu prestava-lhe logo o meu total apoio para que nao se sentisse desamparado (pois nessas alturas todos viram as costas com medo de contrairem tambem o virus, o que é uma parvoice).
Claro que não.. O HIV nao se transmite assim de maneira tao facil, ao contrario do que muita gente pensa, e daí haver tanta falta de apoio a essas pessoas, pelo simples facto das pessoas pensarem que por alguem infectado estar ao seu lado seja crucial para contrairem a doença.

Fotografia de Patricia Santos Teodorico
Re: História de um jovem...
por Patricia Santos Teodorico - Quarta, 13 Dezembro 2006, 18:52
 
  • Claro que o pedro deveria continuar em frequentar a escola e todos os locais, ate porque deixar de frequentar aquilo que se frequentava antes de descobrirmos o que temos só prejudicaria a moral dele, porque nestas situaçoes o pedro precisaria de muito apoio e compreensao o que por vezes nao há do lados das pessoas!
  • Se o pedro me contasse eu iria continuar a ser a mesma pessoa com ele, ou mesmo mudar para melhor a relação, tentar apoia.lo em tudo, ajuda.lo no que precisar e sobretudo fazer de tudo para que ele nao se sinta discriminado...
  • Claro que nao! É absurdo quando as pessoas se afastam dessas pessoas afectadas pelo virus VIH, porque nao é um simples abraço, sentar-nos lado a lado com ele, um beijo que ia infectar os que o rodeiam!  
Fotografia de ana afonso
Re: História de um jovem...
por ana afonso - Quinta, 22 Janeiro 2009, 21:58
 

Boa noite!

-Claro que o Pedro deveria de ir a escola e de continuar a fazer a sua vida normal, mas com alguns cuidados. O Pedro é um rapaz como nós, mas com uma doença que se pode ter sido ou não transmitida por culpa dele. Eu acho sinceramente que ele deveria contar, as pessoas mais proximas pois quem é amigo dele nao deveria sentir "nojo" e recusa-lo e é importante que as pessoas tenham conhecimento, nao que recriminem mas sim que o ajudem e tenho precauções, pois o virus da sida transmite-se por um corte mas nao por carinhos, por isso nao recusem essas pessoas.

- Eu reagiria muito bem aliás tive um familiar que já faleceu que tinha essa doença que por Sorte ou Azar só descobrimos depois de morto.

- claro que nao isso é a maior estupidez, sentar ao colo, essas pessoas necessitam muito de "colo" (carinho) e de uma pessoa que os ajude e que nao que as recuse.

Por favor se conhecerem algume assim, se for um amigo vosse nao os abandonem esteijam perto deles, pois quando partem é que doi!

e para todas as pessoas que tem essa doença, meus "amigos" a vida nao acaba lg apos descobrirem o espirito lutador que esteija sempre presente em vós!